Dedico este blog aos poetas, sonhadores, sábios pesquisadores, idealistas, aos que apreciam a arte e a todos que descobiram a inteligência como Dom de Deus e que usam seus talentos e dons para realizar causas nobres em benefício da humanidade.
Pesquisa personalizada

TRANSLATE

1 de março de 2015

Saint-Exupéry


“É apenas com o coração que se pode ver direito; o essencial é invisível aos olhos.”    -   (Saint-Exupéry)


Estilo Românico




Catedral de Santa Maria Assunta - Pisa - Itália


            O estilo artístico românico surgiu na Idade Média, com a queda do Império Romano em 476 d.C, momento em que os cristãos expandiam sua atividades, período de reformas nos mosteiros e de consolidação do poder espiritual e temporal. Terminou com a queda de Constantinopla em1453. O termo românico foi criado quando se buscava relacionar seu estilo com o a arte dos romanos antigos.
            Este movimento artístico recebeu grande influência do mosteiro de Cluny, na França, que ordenou um novo modo de vida monástica e uma nova concepção arquitetônica em pleno período de peregrinações religiosas que serviam para propagar essas mudanças. Foi um período crítico da História, quando o conhecimento era controlado pela Igreja. Educava-se na religião através do medo e da imposição, e pediam-se sacrifícios nesta vida para o cristão gozar de felicidade eterna, do contrário seria condenado ao inferno.


Igreja de Santa Maria de Ripoli - Itália

O estilo românico teve forte predomínio religioso sobre a mentalidade coletiva.  Usou a arte sacra com a finalidade de manter o poder e o controle religioso.  A pintura de cenas bíblicas tinham características expressionistas para realçar o medo do pecado e a perda da vida eterna com Deus, com intenção didática de ensinar os fiéis. Já que a maioria não sabia ler, essa linguagem visual era excelente para doutriná-los. As imagens religiosas dessa época apresentavam escalas diferentes para evidenciar a hierarquia. As esculturas, de formas alongadas, ocupavam as colunas, capitéis, portais e outras partes estratégicas dos templos. Havia muitas cenas do Juízo Final, temas do cotidiano e extraído de fábulas. As catedrais construídas neste período histórico se parecem com fortalezas, têm paredes muito grossas e aberturas muito pequenas, que associado ao ambiente escuro, pouca ventilação e iluminação dão um sentimento de sufocamento e sensação de inferioridade. 



Portanto, a arte sacra foi uma forma encontrada pela Igreja para manipular os fiéis e moldá-los conforme os princípios religiosos vigentes na Idade Média.